segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

“Queria conhecer-te”


Queria conhecer-ter
Mas não vejo como
Habitamos o mesmo Mundo
Mas tão distante estamos

Vemo-nos todos os dias
Mas sei que não me notas
Queria dizer-te algo
Mas nem me olhas

Como chamar-te a atenção?
Forjar um encontro?
Apresentar-me?
Pedir a um amigo que faça isso?

Assim não quero
Queria um encontro casual
Algo que fosse puro
Mas essas coisas não acontecem
Nessa vida desigual.


*Aermo Wolf

Nenhum comentário:

Postar um comentário